Jovens veem futuro melhor apesar da crise

26/07/2017

Mesmo em um cenário de crise econômica severa que já dura cerca de três anos, jovens moradores de periferias no Nordeste têm perspectivas de um futuro melhor a curto prazo. É o que diz a pesquisa Perfil do Jovem, realizada pelo Instituto JCPM com 1,3 mil pessoas entre 16 e 24 anos residentes em bairros de classe média baixa do Recife, Aracaju, Salvador e Fortaleza. Para 43% deles, a situação do Brasil estará melhor dentro dos próximos cinco anos, inclusive no mercado de trabalho. Atualmente, há 13,8 milhões de desempregados no País – o número corresponde a 13,3% da população em idade de trabalhar de acordo com dados do IBGE.

Inseridos em famílias com rendas de até dois salários mínimos (R$ 1.874), grande parte dos jovens entrevistados para a pesquisa – cerca de 88% – desejam ingressar em um curso superior e entrar no mercado de trabalho. “Muitos têm consciência de que a formação superior é um caminho para conseguir melhorar a qualidade de vida. E procuramos passar esta perspectiva no Instituto JCPM através não apenas das capacitações técnicas, mas também de uma qualificação voltada para a atitude dos jovens”, explica o coordenador de projetos sociais do Instituto, Carlos Duarte.

Uma das estudantes de olho no ensino superior é Luana Monteiro, 17, participante do Instituto desde 2015 e que se prepara, atualmente, para estudar jornalismo. “Participei em 2015 de um curso multidisciplinar no Instituto e logo fui direcionada para o mercado de trabalho. Minha primeira experiência foi na Eletroshopping do RioMar, como Jovem Aprendiz. Fiquei lá até julho do ano passado. Em agosto, fui efetivada como atendente no Posso Ajudar? (setor de informações) também no RioMar, de onde saí há pouco tempo”, revela.

Agora, Luana trabalha como funcionária de meio período na área de marketing do shopping e deseja cursar comunicação para ampliar ainda mais seus conhecimentos e ter acesso a novas oportunidades. O estudo também mostra que quase 37% dos jovens participantes do programa social do IJCPM estão à procura de emprego, enquanto outros 22% estão inseridos no mercado atualmente. Apesar da crise econômica, Luana acredita que com o perfil técnico e comportamental correto, é possível conseguir uma vaga. “Pelo que vejo, existe um problema de atitude nos profisisonais, porque muitos se deixam levar pelo cansaço do dia a dia e não valorizam sua oportunidade de trabalho, mesmo no momento de crise. Eles não conseguem manter seu nível de dedicação e apresentam posturas prejudiciais para o resultado final”, opina Luana.

O Instituto JCPM é uma organização com uma década de atividades presente nos municípios do Recife, Aracaju, Salvador e Fortaleza, que capacita profissionalmente jovens entre 16 e 24 anos residentes nos entornos dos empreedimentos comerciais do grupo JCPM. Desde sua criação, através de parcerias com escolas públicas de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife, o Instituto já capacitou mais de 24 mil jovens nas modalidades de elevação de escolaridade, cursos pré-universitário e de férias, qualificação profissional, jovem aprendiz e formação empreendedora.

Fonte: JCOnline


Veja também

A crise vai passar. Por isso, prepare-se

A crise vai passar. Por isso, prepare-se

01/07/2017 - A crise econômica é fato no Brasil. E ela também é intensa, deixando mais de 14,2 milhões de desempregados...

Palestras sobre MEI continuam no mês de junho

Palestras sobre MEI continuam no mês de junho

04/06/2018 - As palestras sobre empreendedorismo individual para estimular quem quer ser empreendedor ou busca ampliar seus conhecimentos na área ...

Nova chance de participar do Vestibular 2018 da Europeia

Nova chance de participar do Vestibular 2018 da Europeia

28/12/2017 - A Faculdade Europeia, especializada em negócios e localizada em Piedade, no Grande Recife, está com inscrições a...

Conheça a Especialização em Psicopedagogia Institucional

Conheça a Especialização em Psicopedagogia Institucional

05/03/2018 - A Psicopedagogia é uma área de atuação da Pedagogia com desenvolvimento significativo em vários Estados b...